Uma poesia que se “despe de vermelho”, e prende o leitor na sua relação visceral com a palavra. Sexo tempo e poesia encanta como cheiro de chuva e seduz com o gozo de quem se desvenda em versos extasiados. Em seu segundo livro, Paula Cajaty demonstra a maturidade da poeta que equilibra desatino e desvios em versos precisos e sutis, exatos. E parte em busca de portos, desejos náufragos e poentes para ancorar as palavras. Sem regras, sem rimas e liberta para o acaso, esta poesia é feita de fogo-fátuo e febril , e se inscreve no papel por puro prazer.

Paula Cajaty, carioca, nascida no ano de 1975, iniciou a carreira de Direito após se formar pela Universidade do Rio de Janeiro (UNI-Rio), em 1996. Já nessa época havia iniciado suas atividades na literatura, quando, em 1995, venceu o “Por um Poema de Amor – concurso de poemas: coletânea”, que tinha seu júri composto por Ferreira Gullar e Suzana Vargas. Participou de diversos cursos com escritores como Adriana Falcão, Flávio Carneiro, entre outros. Além disso, seu site já foi referenciado pela Agência Riff e pelos escritores e poetas Marcelo Moutinho, Fernando Molica e Márcio André.

Resenha do livro no Jornal Rascunho: http://rascunho.com.br/amar-o-estar-amando/

Edição: 1 | Ano: 2010 | ISBN: 9788575776766

Sexo, tempo e poesia
R$38,00
Quantidade
Sexo, tempo e poesia R$38,00

Conheça nossas opções de frete

Uma poesia que se “despe de vermelho”, e prende o leitor na sua relação visceral com a palavra. Sexo tempo e poesia encanta como cheiro de chuva e seduz com o gozo de quem se desvenda em versos extasiados. Em seu segundo livro, Paula Cajaty demonstra a maturidade da poeta que equilibra desatino e desvios em versos precisos e sutis, exatos. E parte em busca de portos, desejos náufragos e poentes para ancorar as palavras. Sem regras, sem rimas e liberta para o acaso, esta poesia é feita de fogo-fátuo e febril , e se inscreve no papel por puro prazer.

Paula Cajaty, carioca, nascida no ano de 1975, iniciou a carreira de Direito após se formar pela Universidade do Rio de Janeiro (UNI-Rio), em 1996. Já nessa época havia iniciado suas atividades na literatura, quando, em 1995, venceu o “Por um Poema de Amor – concurso de poemas: coletânea”, que tinha seu júri composto por Ferreira Gullar e Suzana Vargas. Participou de diversos cursos com escritores como Adriana Falcão, Flávio Carneiro, entre outros. Além disso, seu site já foi referenciado pela Agência Riff e pelos escritores e poetas Marcelo Moutinho, Fernando Molica e Márcio André.

Resenha do livro no Jornal Rascunho: http://rascunho.com.br/amar-o-estar-amando/

Edição: 1 | Ano: 2010 | ISBN: 9788575776766