Vitor Vicente abre o seu diário de bordo até à cidade de Barcelona, cuja temporada aí vivida o autor narra ao longo desta obra de prosa firme e intensa. O autor fala-nos dos hábitos e peculiaridades catalães em confronto com um olhar português – ou emigrantuguês – enquanto partilha as suas vivências anteriores, noutros espaços e noutras épocas. Lourdes, Zé Paulo, Ricardo, Tina – feministas, senhorios, amigos, colegas de quarto, colegas de trabalho, são algumas das personagens que habitam estas páginas e o seu retrato revela as fragilidades e forças que dão complexidade ao ser humano – de quem o autor não consegue escapar, nem quando mais deseja a solidão. "Sobre vivências em Barcelona" é um diário que registra as dores e sensações da deslocação da terra natal, ao melhor estilo da literatura de viagem, e vem preenchido de momentos de luta e mordacidade, mas também é tecido com alegria, ternura e esperança.

Vitor Vicente (1983) nasceu em Portugal e desde 2006 tem vivido entre Espanha, Irlanda, Polônia e Hungria, residindo atualmente em Budapeste. Publicou livros de vários gêneros literários no decurso dos últimos anos, sendo o tema da viagem transversal a toda a sua obra. Obras do autor: "Sonetos nem sempre silesianos" (Temas Originais, 2016) - poesia; "O apeadeiro" (Edições Sem Nome, 2017) - teatro; "Avião de Papel" (Páreas, Párias, 2018) - contos; "A alfândega" (Edições Sem Nome, 2019) - ficção; "Israel, Jezebel" (Editora Jaguatirica/apoio do DGLAB, 2019) – literatura de viagem; "Ambulatório" (Temas Originais, 2019) - poesia; "Bravo, Brasil" (Class, Bestiário, 2020) - memórias.

Edição: 1 | Ano: 2021 | ISBN: 9786586324396

Sobre vivências em Barcelona - Série Lusofonia volume 18

R$49,90
Frete grátis
Sobre vivências em Barcelona - Série Lusofonia volume 18 R$49,90

Vitor Vicente abre o seu diário de bordo até à cidade de Barcelona, cuja temporada aí vivida o autor narra ao longo desta obra de prosa firme e intensa. O autor fala-nos dos hábitos e peculiaridades catalães em confronto com um olhar português – ou emigrantuguês – enquanto partilha as suas vivências anteriores, noutros espaços e noutras épocas. Lourdes, Zé Paulo, Ricardo, Tina – feministas, senhorios, amigos, colegas de quarto, colegas de trabalho, são algumas das personagens que habitam estas páginas e o seu retrato revela as fragilidades e forças que dão complexidade ao ser humano – de quem o autor não consegue escapar, nem quando mais deseja a solidão. "Sobre vivências em Barcelona" é um diário que registra as dores e sensações da deslocação da terra natal, ao melhor estilo da literatura de viagem, e vem preenchido de momentos de luta e mordacidade, mas também é tecido com alegria, ternura e esperança.

Vitor Vicente (1983) nasceu em Portugal e desde 2006 tem vivido entre Espanha, Irlanda, Polônia e Hungria, residindo atualmente em Budapeste. Publicou livros de vários gêneros literários no decurso dos últimos anos, sendo o tema da viagem transversal a toda a sua obra. Obras do autor: "Sonetos nem sempre silesianos" (Temas Originais, 2016) - poesia; "O apeadeiro" (Edições Sem Nome, 2017) - teatro; "Avião de Papel" (Páreas, Párias, 2018) - contos; "A alfândega" (Edições Sem Nome, 2019) - ficção; "Israel, Jezebel" (Editora Jaguatirica/apoio do DGLAB, 2019) – literatura de viagem; "Ambulatório" (Temas Originais, 2019) - poesia; "Bravo, Brasil" (Class, Bestiário, 2020) - memórias.

Edição: 1 | Ano: 2021 | ISBN: 9786586324396