'Predadores: repensando o Brasil em seus fundamentos morais' é um livro sobre a história da formação moral brasileira. Edgard Leite discute os problemas morais do Brasil em seus momentos fundadores, a partir da disputa central entre os brasileiros e os jesuítas, nos primeiros dois séculos de colonização. O autor propõe que a resistência a uma autoridade moral objetiva caracteriza o espírito original das relações sociais brasileiras, usualmente inclinadas para práticas morais subjetivistas ou relativistas. Tal realidade exerceu profunda influência sobre os elementos da identidade nacional, estabelecendo práticas e tradições com as quais lidamos ainda hoje. Com o prefácio do professor doutor José Eduardo Franco, esta publicação é mais uma importante contribuição para se pensar acerca dos fundamentos da sociedade brasileira, evitando, dessa forma, a ingênua consideração de que os males da nossa sociedade residiriam apenas em questões do presente, e que bastaria uma apreciação do agora para que soluções pudessem ser encontradas. Como o próprio subtítulo do livro explicita – repensando o Brasil nos seus fundamentos morais –, a atenção, aqui, está voltada para a questão moral. O livro, no entanto, não deve ser visto como um tratado moral, uma obra de moralizador, mas antes um estudo sobre esse aspecto incontornável de qualquer sociedade.

Edição: 1 | Ano: 2019 | ISBN 978-85-5662-197-9

PRÉ-VENDA: Predadores: repensando o Brasil nos seus fundamentos morais
R$49,90
Frete grátis
Quantidade
PRÉ-VENDA: Predadores: repensando o Brasil nos seus fundamentos morais R$49,90

'Predadores: repensando o Brasil em seus fundamentos morais' é um livro sobre a história da formação moral brasileira. Edgard Leite discute os problemas morais do Brasil em seus momentos fundadores, a partir da disputa central entre os brasileiros e os jesuítas, nos primeiros dois séculos de colonização. O autor propõe que a resistência a uma autoridade moral objetiva caracteriza o espírito original das relações sociais brasileiras, usualmente inclinadas para práticas morais subjetivistas ou relativistas. Tal realidade exerceu profunda influência sobre os elementos da identidade nacional, estabelecendo práticas e tradições com as quais lidamos ainda hoje. Com o prefácio do professor doutor José Eduardo Franco, esta publicação é mais uma importante contribuição para se pensar acerca dos fundamentos da sociedade brasileira, evitando, dessa forma, a ingênua consideração de que os males da nossa sociedade residiriam apenas em questões do presente, e que bastaria uma apreciação do agora para que soluções pudessem ser encontradas. Como o próprio subtítulo do livro explicita – repensando o Brasil nos seus fundamentos morais –, a atenção, aqui, está voltada para a questão moral. O livro, no entanto, não deve ser visto como um tratado moral, uma obra de moralizador, mas antes um estudo sobre esse aspecto incontornável de qualquer sociedade.

Edição: 1 | Ano: 2019 | ISBN 978-85-5662-197-9